Índice | Palavras: Alfabética - Freqüência - Invertidas - Tamanho - Estatísticas | Ajuda | Biblioteca IntraText
Alfabética    [«  »]
biblioteca 1
bilíngue 2
bis 3
bispo 88
bispos 21
boa 4
boas 1
Freqüência    [«  »]
93 serviço
90 diaconado
89 1
88 bispo
84 deus
84 deve
82 carta
Congregação para a Educação Católica; Congregação para o Clero
Normas fundamentais para a formação dos diáconos permanents

IntraText - Concordâncias

bispo

   Parte,  Capítulo, Parágrafo
1 I,Intro,2| uma Igreja particular sem bispo, presbítero e diácono, parece 2 II,Intro,2| a imposição das mãos do Bispo; a forma é constituída pelas 3 II,Intro,2| caridade, em comunhão com o Bispo e o seu presbitério ».(11) 4 II,Intro,6| as dioceses. Compete ao Bispo diocesano restaurá-lo ou 5 II,Intro,6| nacional e na experiência, o Bispo deve procurar ainda elaborar 6 II, I,1 | 1. A Igreja e o Bispo~18. A formação dos diáconos, 7 II, I,1 | do Espírito de Cristo é o Bispo próprio (ou o Superior maior 8 II (26)| efeito são equiparados ao Bispo diocesano aqueles aos quais 9 II, I,2 | pessoas que, na dependência do Bispo (ou do Superior maior competente) 10 II, I,2 | da formação, nomeado pelo Bispo (ou pelo Superior maior 11 II, I,2 | responsabilidade de apresentar ao Bispo (ou ao Superior maior competente) 12 II, I,2 | experiência e nomeado pelo Bispo (ou pelo Superior maior 13 II, I,2 | idoneidade a apresentar ao Bispo (ou ao Superior maior competente). 14 II, I,2 | deverá ser aprovado pelo Bispo ou pelo Superior maior. 15 II,II,1 | Igreja e o juízo prudente do Bispo, incompatível com o estado 16 II,III,1 | que deve apresentar ao Bispo (ou ao Superior maior competente) 17 II,III,1 | pastoral do aspirante.~O Bispo (ou o Superior maior competente), 18 II,III,2 | sua posse, apresentará ao Bispo próprio (ou ao Superior 19 II,III,2 | idoneidade.~Por sua vez, o Bispo (ou o Superior maior competente) 20 II,III,3 | para esta aceitação é o Bispo próprio ou o Superior maior 21 II,III,3 | aceite por escrito pelo Bispo próprio ou Superior maior 22 II,III,4 | que, por razões graves, o Bispo diocesano não tenha disposto 23 II,III,5 | assinado, ao Ordinário (o Bispo ou Superior maior), a quem 24 II,III,5 | Após a aceitação, o Bispo ou o Superior maior procederá 25 II,III,6 | ordenado, pode dirigir ao seu Bispo ou ao Superior maior competente « 26 II,III,6 | o pedido do ordinando, o Bispo (ou o Superior maior competente) 27 II,III,6 | física e psíquica ».(66) O Bispo diocesano ou o Superior 28 II,III,6 | outras informações ».(67)~O Bispo ou o Superior maior competente, 29 II,III,6 | diaconado seja ordenado pelo Bispo próprio ou com as cartas 30 III, 1,2 | convenção idónea.(39)~O bispo deve acompanhar com particular 31 III, 1,2 | ministério sob o poder do bispo em tudo o que diz respeito 32 III, 1,2 | Presbiterado compete ao bispo diocesano próprio, se não 33 III, 1,3 | Cristo, sob a autoridade do bispo, em comunhão com o Sumo 34 III, 1,3 | oração, da obediência ao bispo próprio, do zelo ministerial 35 III, 1,3 | diáconos, com a anuência do bispo e na presença do bispo ou 36 III, 1,3 | do bispo e na presença do bispo ou do seu delegado, se reunam 37 III, 1,3 | ordenação diaconal.~Compete ao bispo do lugar alimentar nos diáconos 38 III, 1,4 | promessa de obediência ao bispo: « Prometes-me a mim e aos 39 III, 1,4 | prometendo obediência ao bispo, assume como modelo Jesus, 40 III (45)| valor da missão pastoral do bispo e do presbítero e à assistência 41 III (45)| diácono deve "professar ao bispo reverência e obediência"... 42 III, 1,4 | atribuição do ofício, o bispo indicará tarefas correspondentes 43 III, 1,4 | colaboração entre eles e com o bispo, reconhecendo e promovendo 44 III, 1,4 | deve manter com o próprio bispo.~Tais associações são proibidas 45 III, 1,4 | prudência, aconselhando-se com o bispo próprio, sobretudo nas situações 46 III, 2,2 | Diaconia da Palavra~23. O bispo, durante a ordenação, entrega 47 III, 2,2 | portanto, colaborar com o bispo e os presbíteros no exercício 48 III (83)| Palavra, em comunhão com o bispo e o seu presbitério » (C. 49 III, 2,3 | comunhão hierárquica com o bispo e com os presbíteros. Ao 50 III, 2,3 | presbíteros. Ao ministério do bispo e, subordinadamente, ao 51 III, 2,3 | aos diáconos « ajudar o bispo e os presbíteros na celebração 52 III, 2,3 | realizada.~31. O diácono, com o bispo e o presbítero, é ministro 53 III, 2,3 | Sangue do Senhor, isto é o bispo e os presbíteros, (121) 54 III, 2,3 | primeiro responsável é o bispo. Tal responsabilidade estende-se 55 III, 2,3 | enfermos é reservado ao bispo e aos presbíteros, dada 56 III, 2,4 | diácono, em comunhão com o bispo e o presbitério da diocese, 57 III, 2,4 | diverso, servindo e ajudando o bispo e os presbíteros. Esta participação, 58 III, 2,4 | comunhão hierárquica com o bispo e com os presbíteros, como 59 III, 2,4 | na oração de ordenação, o bispo pede por eles a Deus Pai: « 60 III, 2,4 | os primeiros deveres do bispo e dos presbíteros, são por 61 III, 2,5 | assumindo formas diversas.~O bispo pode conferir aos diáconos 62 III, 2,5 | em nome do pároco ou do bispo, das comunidades cristãs 63 III, 2,5 | todos. No caso em que o bispo decida a instituição dos 64 III, 3,3 | vínculo que se cria entre o bispo e o diácono: só o bispo 65 III, 3,3 | bispo e o diácono: só o bispo impõe as mãos ao eleito, 66 III, 3,3 | comunhão hierárquica com o bispo. (190)~Além disso, a ordenação 67 III, 3,3 | com o Santo Padre, com o bispo próprio e com os presbíteros 68 III, 3,4 | ordem episcopal e com o bispo próprio, não só no que se 69 III, 3,4 | obras de caridade que o bispo lhe confiar, deixe-se guiar 70 III, 3,4 | a sincera comunhão com o bispo.~56. Os diáconos saibam, 71 III, 3,4 | comunhão hierárquica com o bispo e com o presbitério. O diácono 72 III, 3,5 | fiéis e a proximidade do bispo.~Se é a esposa do diácono 73 III, 4,3 | responsabilidades a ele conferidas pelo bispo. (232)~A solicitude da Igreja 74 III, 4,3 | Vista na perspectiva do bispo (233) e dos presbíteros, 75 III, 4,3 | espiritual, aprovado pelo bispo, com o qual manter colóquios 76 III, 4,5 | presbíteros e com o próprio bispo, como também com o Sumo 77 III, 4,5 | podem ser orientados pelo bispo para uma especialização 78 III, 4,5 | diácono, colaborando com o bispo e os presbíteros, a promover 79 III, 4,5 | com o Sumo Pontífice e o bispo próprio.~Entre estas formas, 80 III, 4,6 | que tem como referência o bispo ou um seu delegado, e o 81 III, 4,6 | responsável, encarregado pelo bispo.~78. Serão garantidos aos 82 III, 4,6 | prever, sob a autoridade do bispo e sem multiplicar estruturas, 83 III, 4,6 | diversos modelos pastorais.~O bispo seguirá com solicitude os 84 III, 4,6 | 79. Com a aprovação do bispo deve ser elaborado um plano 85 III, 4,6 | pastoral~Para tal fim, o bispo poderá constituir um grupo 86 III, 4,6 | vizinhas.~80. É desejável que o bispo institua um organismo de 87 III, 4,6 | organismo será presidido pelo bispo ou por um sacerdote seu 88 III, 4,6 | próprias, emanadas pelo bispo, regulamentarão a vida e


IntraText® (V89) Copyright 1996-2007 EuloTech SRL