Índice | Palavras: Alfabética - Freqüência - Invertidas - Tamanho - Estatísticas | Ajuda | Biblioteca IntraText
Alfabética    [«  »]
ministerialidade 2
ministerialmente 1
ministerio 2
ministério 181
ministérios 10
ministerium 4
ministris 1
Freqüência    [«  »]
193 igreja
191 um
188 no
181 ministério
179 diáconos
166 se
162 diácono
Congregação para a Educação Católica; Congregação para o Clero
Normas fundamentais para a formação dos diáconos permanents

IntraText - Concordâncias

ministério

    Parte,  Capítulo, Parágrafo
1 I, 1 | vocacional e preparação, vida, ministério, espiritualidade e formação 2 I, 1 | e o Directório da vida e ministério dos Presbíteros, sentiram 3 I, 1 | permanentium e do Directório do ministério e vida dos diáconos permanentes 4 I, 1 | eficácia pastoral do sagrado ministério, perante os desafios do 5 I, 1 | respeito ao Directório do ministério e vida dos diáconos permanentes, 6 I, 1 | prática da formação e do ministério. Os elementos teológicos 7 I, 1 | consequente fecundidade de um ministério que já produziu bons frutos 8 I (1) | art. 66 do Directório do ministério e vida dos Presbíteros ( 9 I,Intro,1 | I. O ministério ordenado~1. « Cristo Nosso 10 I,Intro,1 | portanto, o sacramento do ministério apostólico.(5) A acção sacramental 11 I,Intro,1 | Cristo ».(7)~O sacramento do ministério apostólico comporta três 12 I,Intro,1 | três graus. Com efeito « o ministério eclesiástico, de instituição 13 I,Intro,1 | ajuda, os bispos receberam o ministério pastoral na comunidade e 14 I,Intro,1 | natureza sacramental do ministério eclesial faz com que a ele 15 I,Intro,1 | Fil 2, 7) ».(10)~O sagrado ministério tem também caracter colegial(11) 16 I,Intro,1 | pessoal,(12) pelo que « o ministério sacramental na Igreja é, 17 I,Intro,2 | portanto os diáconos, cujo ministério foi sempre tido em grande 18 I,Intro,2 | realizar dignamente o seu ministério (cf. 1 Tim 3, 8-13).(15)~ 19 I,Intro,2 | impensável. Ele sublinha como o ministério do diácono não é outro que « 20 I,Intro,2 | diácono não é outro que « o ministério de Jesus Cristo, o qual 21 I,Intro,2 | Igreja com as funções do ministério diaconal que doutra maneira, 22 I,Intro,3 | Igreja são chamados a um ministério verdadeiramente diaconal, 23 I,Intro,3 | mais frutuosamente o seu ministério com a ajuda da graça sacramental 24 II (2) | para certas actividades do ministério, como a psicologia, a pedagogia 25 II,Intro,2 | realidade profunda deste ministério. Porém, nem por isso se 26 II,Intro,2 | específica e uma representação do ministério de Cristo.(4) É por isso 27 II,Intro,2 | como participação do único ministério eclesiástico, ele é, na 28 II,Intro,2 | cumpram fielmente a obra do ministério ». Os sete dons têm origem 29 II,Intro,2 | participando num grau inferior do ministério eclesiástico, dependem necessariamente 30 II,Intro,3 | 3. O ministério do diácono nos diversos 31 II,Intro,3 | contextos pastorais~9. O ministério do diácono caracteriza-se 32 II,Intro,3 | três munera próprios do ministério ordenado, segundo a perspectiva 33 II,Intro,3 | mostra claramente que o ministério diaconal tem o seu ponto 34 II,Intro,3 | toca à caridade. É este o ministério mais típico do diácono.~ 35 II,Intro,4 | para o exercício do seu ministério.~12. É evidente que tal 36 II,Intro,6 | religiosos, de maneira que o ministério diaconal seja compreendido 37 II, I,5 | sensibiliza os fiéis para este ministério, ao candidato uma ajuda 38 II, I,5 | vocação dos seus membros ao ministério, não obstaculando, mas, 39 II,II | escolha de uma vocação ao ministério ordenado.~Tal discernimento 40 II,II,1 | irrepreensíveis, exerçam o seu ministério... Os diáconos sejam casados 41 II,II,1 | poderão desempenhar o seu ministério se forem modelos também 42 II,II,1 | de exercício efectivo do ministério.~35. Quanto à idade mínima, 43 II (39) | realizar de modo apropriado o ministério; 2) os delitos de apostasia, 44 II,II,2 | conveniente para o sagrado ministério, a que livremente se submetem 45 II,II,2 | vivido no celibato confere ao ministério algumas características 46 II,II,2 | impedimento, nem desdigam do ministério do marido ».(42)~c) Viúvos~ 47 II (44) | grande e provada utilidade do ministério do diácono para a diocese 48 II,II,2 | devem enriquecer o seu ministério com o carisma particular 49 II,III,2 | da espiritualidade e do ministério diaconal, e serão convidados 50 II,III,2 | requisitos requeridos para o ministério diaconal, sejam convidados 51 II,III,4 | acompanhamento e de ajuda no ministério do marido.~ 52 II,III,5 | mediante o exercício gradual do ministério da palavra e do altar, conheçam 53 II,III,5 | a autenticidade do seu ministério será mais eficazmente demonstrada 54 II,III,5 | candidato possa exercer o ministério recebido.(61) « Entre a 55 II,III,6 | dedicará para sempre ao ministério eclesiástico, e na qual 56 II,III,6 | costumes, a aptidão a exercer o ministério; e, além disso, depois de 57 II,IV,2 | acaso que caracteriza o ministério do diácono. Com efeito, 58 II,IV,2 | pela Igreja faz parte do ministério do diácono. Isto exige uma 59 II,IV,2 | serviço como participação no ministério eclesiástico. Isto tem consequências 60 II,IV,2 | estimula a generosidade no ministério. O candidato deverá por 61 II,IV,2 | de vida, a profissão e o ministério.~78. Além disso, providencie-se 62 II,IV,2 | sensibilizar os filhos para o ministério diaconal.~ 63 II,IV,3 | precioso instrumento para o seu ministério. Ela é particularmente urgente 64 II,IV,3 | que estão empenhados no ministério ordenado tenham uma formação 65 II,IV,3 | tarefas específicas do seu ministério;~c) é importante que adquira 66 II,IV,3 | especialmente a teologia do ministério ordenado), escatologia;~ 67 II,IV,4 | empenhados na prática do ministério.~88. Tenha-se, além disso, 68 II,Conclu | empenho para o seu futuro ministério.~90. As Conferências Episcopais 69 III | DIRECTÓRIO~DO MINISTÉRIO E DA VIDA~DOS DIÁCONOS PERMANENTES~ 70 III, 1,2 | justos, deseja exercer o ministério numa diocese diversa da 71 III, 1,2 | apostólica, exercerá o seu ministério sob o poder do bispo em 72 III, 1,2 | licença para o exercício do ministério, segundo as modalidades 73 III, 1,2 | das aptidões do diácono ao ministério presbiteral.~ 74 III, 1,3 | sobre o exercício do seu ministério, trocar experiências, prosseguir 75 III, 1,4 | própria participação no ministério episcopal, conferida pelo 76 III, 1,4 | é determinado pelo mesmo ministério diaconal e por tudo o que 77 III (47) | favorecer a relação entre o ministério ordenado e as actividades 78 III (50) | para o Clero, Directório do ministério e vida dos presbíteros Tota 79 III, 1,4 | realização diligente do seu ministério. Evitarão também todas as 80 III, 1,4 | reduzindo, de facto, o seu ministério sagrado a uma profissão 81 III, 1,4 | para o exercício do sagrado ministério diaconal, que corre o risco 82 III, 1,4 | trabalho permanece ligado ao ministério; eles, portanto, terão presente 83 III, 1,4 | responsabilidades pastorais do seu ministério. A autoridade competente, 84 III, 1,4 | devem dar prioridade ao ministério e à caridade pastoral, promovendo « 85 III, 1,5 | modo activo e concreto ao ministério eclesiástico, têm direito 86 III (69) | enquanto se dedicam ao ministério eclesiástico, compete uma 87 III, 1,5 | dedicam a tempo inteiro ao ministério eclesiástico, sejam remunerados 88 III, 1,5 | celibatários, dedicados ao ministério eclesiástico em favor da 89 III, 1,5 | dedicam a tempo inteiro ao ministério eclesiástico sem receber 90 III, 1,5 | inteiro ou a tempo parcial ao ministério eclesiástico, se recebem 91 III, 1,5 | paróquias, que beneficiam do ministério de um diácono, tenham também 92 III, 1,5 | este, na realização do seu ministério.~O direito particular, além 93 III, 2 | 2~MINISTÉRIO DO DIÁCONO~ 94 III, 2,1 | Funções diaconais~22. O ministério do diácono é sintetizado 95 III, 2,1 | tríplice munus de Cristo no ministério ordenado. O diácono « é 96 III, 2,1 | bispos e os presbíteros.~O ministério dos diáconos, no serviço 97 III, 2,2 | presbíteros no exercício do ministério (83) não da própria sabedoria, 98 III (83) | servir o Povo de Deus no ministério da Palavra, em comunhão 99 III (83) | os diáconos participam no ministério dos sacerdotes » (João Paulo 100 III, 2,2 | Apóstolo: « Revestidos deste ministério pela misericórdia que nos 101 III (92) | para o Clero, Directório do ministério e vida dos presbíteros Tota 102 III (93) | fiéis leigos no sagrado ministério dos Sacerdotes Ecclesiae 103 III, 2,2 | possibilidades que oferecem ao ministério da Palavra o ensino da religião 104 III, 2,3 | ressaltar um outro aspecto do ministério diaconal: o serviço do altar. (105)~ 105 III, 2,3 | e com os presbíteros. Ao ministério do bispo e, subordinadamente, 106 III, 2,3 | essencialmente de qualquer outro ministério litúrgico que os pastores 107 III, 2,3 | aos fiéis não ordenados. O ministério litúrgico do diácono difere 108 III, 2,3 | difere também do próprio ministério ordenado sacerdotal. (106)~ 109 III, 2,3 | dirigida a fecundar todo o ministério; a tal graça se deve corresponder 110 III, 2,3 | sacramentais.~29. No seu ministério o diácono tenha sempre uma 111 III, 2,3 | particular importância o ministério dos diáconos na preparação 112 III, 2,4 | missão da Igreja.~38. No ministério da caridade os diáconos 113 III, 2,4 | transmitidas aos servidores no ministério eclesiástico, isto é, aos 114 III, 2,5 | permanentes~39. Os três âmbitos do ministério diaconal, conforme as circunstâncias, 115 III, 2,5 | plano divino da Redenção: o ministério da Palavra conduz ao ministério 116 III, 2,5 | ministério da Palavra conduz ao ministério do altar, o qual, por sua 117 III, 2,5 | interrelação entre as três áreas do ministério tradicionalmente associadas 118 III, 2,5 | ao diaconado, isto é, o ministério da Palavra, o ministério 119 III, 2,5 | ministério da Palavra, o ministério do altar e o ministério 120 III, 2,5 | ministério do altar e o ministério da caridade. Segundo as 121 III, 2,5 | possam desenvolver o seu ministério em plenitude, segundo as 122 III, 2,5 | responsabilidade pastoral.~41. O ministério diaconal encontra ordinariamente 123 III, 2,5 | sincera que reconhece em cada ministério um dom do Espírito para 124 III, 2,5 | numerosas oportunidades para o ministério frutuoso dos diáconos.~Com 125 III, 2,5 | Outros campos do ministério dos diáconos são os organismos 126 III, 2,5 | para não privar o próprio ministério de sentido e valor pastoral. 127 III, 2,5 | salvaguardar a integridade do ministério diaconal, quem é chamado 128 III, 3,1 | realidade, na sua vida e no seu ministério; deve conhecer a cultura, 129 III, 3,2 | por meio e no seio do seu ministério, a virtude da obediência: 130 III, 3,2 | Cristo: E o que realiza é ministério pastoral, para o bem dos 131 III, 3,2 | pelo que « se o seu ministério é coerente com este espírito, 132 III, 3,3 | a referência do próprio ministério na comunhão hierárquica 133 III, 3,3 | nutrir o seu espírito e o seu ministério com um amor ardente e activo 134 III, 3,4 | A sequela de Cristo no ministério diaconal é uma empresa maravilhosa 135 III, 3,4 | suportar a responsabilidade do ministério, de reservar o primado à 136 III, 3,4 | diaconia, de organizar o ministério e os seus deveres familiares — 137 III, 3,4 | realização fiel e incansável do ministério num contexto de unidade 138 III, 3,4 | cada dia e por todo o seu ministério... eles mesmos se dispõem 139 III, 3,4 | desempenho frutuoso do seu ministério ». (195)~52. O diácono tenha 140 III, 3,4 | convencido de que o exercício do ministério da Palavra não se esgota 141 III, 3,5 | quer no Ocidente, com o ministério ordenado, com o qual está 142 III, 3,5 | oração e aos deveres do ministério.~Comportem-se com prudência 143 III, 3,5 | inevitavelmente o tempo a dedicar ao ministério, requer-se um particular 144 III, 3,5 | da mulher do diácono no ministério público do próprio marido 145 III, 3,5 | rapidamente se manifesta no ministério, fugindo aos comportamentos 146 III, 3,5 | de sensibilização para o ministério diaconal em benefício de 147 III, 3,5 | família, do trabalho e do ministério se podem harmonizar no serviço 148 III, 3,5 | que o cumprimento fiel do ministério é um caminho para alcançar 149 III, 3,5 | outros, por amor de Deus, no ministério. Nestes casos será de grande 150 III, 4,1 | formação inicial para o ministério, ao ponto de se considerar 151 III, 4,1 | de toda a articulação do ministério ordenado. Ela se configura 152 III, 4,2 | fidelidade à vocação pessoal ao ministério (« realizem fielmente a 153 III, 4,2 | realizem fielmente a obra do ministério »); propõe a sequela de 154 III, 4,3 | entre espiritualidade e ministério e, antes ainda, a superar 155 III, 4,3 | mediante o exercício do ministério ». (234)~As duas perspectivas 156 III, 4,3 | porque cada um vive o próprio ministério na Igreja como pessoa irrepetível 157 III (234)| para o Clero, Directório do ministério e vida dos presbíteros Tota 158 III, 4,4 | apelo permanente para o ministério e a vida dos diáconos. Em 159 III (236)| para o Clero, Directório do ministério e vida dos presbíteros Tota 160 III, 4,5 | as dimensões da vida e do ministério do diácono. Por conseguinte, 161 III, 4,5 | tornar mais eficaz o seu ministério.~Para realizar eficazmente 162 III (237)| para o Clero, Directório do ministério e da vida dos presbíteros 163 III, 4,5 | cultivar, em especial, no seu ministério e vida diária, a bondade 164 III, 4,5 | fazer progredir, e com o ministério, sustentado por « um verdadeiro 165 III (239)| para o Clero, Directório do ministério e da vida dos presbíteros 166 III, 4,5 | sustenta e torna fecundo o seu ministério, evitando, no exercício 167 III, 4,5 | formados, os diáconos, no seu ministério, propor-se-ão como animadores 168 III, 4,5 | tendo sempre em vista o ministério pastoral. Deste modo se 169 III, 4,5 | continuamente o próprio ministério, tornando-o sempre mais 170 III, 4,5 | pastorais (242) para um ministério eficaz.~A formação pastoral 171 III, 4,5 | aperfeiçoar a eficácia do próprio ministério, de tornar presente na Igreja 172 III, 4,5 | para exercer hoje o seu ministério », (243) em leal e convicta 173 III, 4,6 | dos diáconos é o próprio ministério. Através do exercício deste 174 III, 4,6 | diácono exerce o próprio ministério, que tem como referência 175 III, 4,6 | com as exigências do seu ministério pastoral~Para tal fim, o 176 III, 4,6 | coordenar e verificar o ministério diaconal: desde o discernimento 177 III, 4,6 | formação e ao exercício do ministério, incluída a formação permanente.~ 178 III, 4,6 | à clara independência do ministério.~82. Os diáconos devem valorizar 179 III, 4,6 | marcadamente dizem respeito ao seu ministério de evangelização, litúrgico 180 IV | Redenção, torna frutuoso o ministério dos diáconos, ensinando-lhes 181 IV | Igreja, torna fecundos o ministério e a vida dos diáconos, ensinando-lhes


IntraText® (V89) Copyright 1996-2007 EuloTech SRL