Índice | Palavras: Alfabética - Freqüência - Invertidas - Tamanho - Estatísticas | Ajuda | Biblioteca IntraText
Congregações Scalabrinianas dos Missionários
e Missionárias de São Carlos
Scalabrini Uma voz atual

IntraText CT - Texto

  • Às Religiosas e aos Religiosos das Congregações Scalabrinianas
Precedente - Sucessivo

Clicar aqui para desativar os links de concordâncias

- 3 -


Às Religiosas

e aos Religiosos

das Congregações

Scalabrinianas

 

 

Scalabrini — Uma voz atual” é o novo livro que as duas Congregações Scalabrinianas quiseram editar, para o Ano Centenário de Fundação dos Missionários.

 

Pelo título já se pode inferir que o livro se coloca na ótica da vida: realmente ele foi pensado e desejado como estímulo para o crescimento da nossa scalabrinianidade.

 

Apresentando-o, nós queremos somente oferecer alguns critérios para a leitura, os mesmos que guiaram a quantos trabalharam para esta obra.

 

O conhecimento do Pensamento do Fundador é caminho privilegiado para conhecer e amar sua pessoa, nos seus diversos componentes e matizes humanos e espirituais, é a via que leva ao contato com um homem de Igreja, sempre atento aos sinais dos tempos; homem de Deus, mas ao mesmo tempo homem para os homens e, exatamente neste sentido, Pastor e Fundador. Para nós Scalabrinianos, que decidimos segui-lo como modelo, o seu pensamento toma-se ensinamento para “ver nos migrantes a imagem de Cristo, e nas suas vicissitudes, uma provocação à e ao amor aos fiéis, em particular nos missionários e missionárias, solicitados a sanar os males da migração, tanto nas suas causas, como nos efeitos, e a descobrir o desígnio que Deus realiza em todas as migrações, também nas causadas pelas injustiças” (C.S. RV 19).

 

Exatamente este conhecimento amoroso destinado a encarnar-se, na vocação de cada um de nós, leva-nos a uma leitura crítica de nós mesmos: coloca-nos em frente de um espelho, transmitindo-nos uma imagem destinada a nos identificar; faz-nos reconhecer a nós mesmos com os traços


- 4 -


de uma consagração, que implica em “uma experiência religiosa e missionária”, como elementos de autenticidade. Às vezes, talvez, este mesmo espelho poderá fazer-nos ver, “na verdade”, o que deveríamos ser, mais do que o que somos. A leitura crítica, neste caso, torna-se meditação de quem, adulto na , quer continuar a crescer, para se tornar jovem.

 

Mas ninguém pode crescer sozinho; somos e queremos ser, por vocação, homens de comunidade e de comunhão. O pensamento do Fundador é a fonte de onde brotaram as nossas comunidades e é o fundamento do nosso estilo de vida e da nossa presença pastoral, para responder adequadamente às exigências do fenômeno migratório hodierno, com suas realidades muito mais amplas e dramáticas, que as da época de Scalabrini.

 

E exatamente em relação ao hoje da migração, a leitura deste livro nos ajudará a constatar o quanto é verdadeira a afirmação do Papa João Paulo II aos capitulares em 16 de outubro de 1986: “Agora mais que nunca, a intuição de vosso Fundador se revela atual”.

 

O nosso obrigado a quantos trabalharam “com a mente e o coração” para a realização desta obra. Recordamos em particular Pe. Tino Lovison, que coletou boa parte dos textos e de quem, em 3 de junho, lembramos o aniversário do seu retorno à casa do Pai. Além disso, destacamos a oportuna contribuição de Pe. Mano Francesconi, Ir. Sônia Delforno e Pe. Gino Dalpiaz à realização da obra.

 

 

São Paulo, de junho de 1989

 

 

 

 

 

         Madre Lice Maria Signor                               Pe. Sisto Caccia C.S.

                   Superiora Geral                                             Superior Geral




Precedente - Sucessivo

Índice | Palavras: Alfabética - Freqüência - Invertidas - Tamanho - Estatísticas | Ajuda | Biblioteca IntraText

Best viewed with any browser at 800x600 or 768x1024 on Tablet PC
IntraText® (V89) - Some rights reserved by Èulogos SpA - 1996-2007. Content in this page is licensed under a Creative Commons License